25 envolvidos na Lava-Jato perderam o foro privilegiado, no RN José Agripino e Garibaldi Alves

0

Alvos da Lava-Jato, com inquéritos em curso no STF, sendo 14 deputados federais e 11 senadores não conseguiram reeleição e terão seus casos enviados para a primeira instância.

Na lista dos 25 parlamentares, sendo dois do RN, o senador José Agripino Maia (DEM), foi candidato a deputado federal, mas não foi eleito, acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela 1ª turma do STF, apura o pagamento de propinas durante a construção da Arena das Dunas. O ministro Barroso, apontou indícios de que Agripino, pode ter recebido propina de mais de R$ 650 mil em suas contas pessoais, em parcelas, entre 2012 e 2014. O outro que ficou sem foro privilegiado, foi o senador Garibaldi, que não foi reeleito, é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Confira a lista dos derrotados nas urnas que terão processos enviados à 1ª instância:

SENADORES

Benedito de Lira (PP-AL)

Edison Lobão (MDB-MA)

Eunício Oliveira (MDB-CE)

Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)

José Agripino Maia (DEM-RN)

Paulo Bauer (PSDB-SC)

Raimundo Colombo (PSD-SC)

Romero Jucá (MDB-RR)

Valdir Raupp (MDB-RO)

Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)

DEPUTADOS

Alfredo Nascimento (PR-AM)

Aníbal Gomes (DEM-CE)

Betinho Gomes (PSDB-PE)

Heráclito Fortes (PSB-PI)

José Mentor (PT-SP)

José Otávio Germano (PP-RS)

Jutahy Magalhães Jr. (PSDB-BA)

Júlio Lopes (PP-RJ)

Lúcio Vieira Lima (MDB-BA)

Marco Maia (PT-RS)

Milton Monti (PR-SP)

Yeda Crusius (PSDB-RS)

Zeca do PT (PT-MS)

___________________________________

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here