Bolsonaro libera mais R$10 milhões de verba extra para toma lá, dá cá

A verba, que começou a ser liberado nesta quarta-feira 26, foi acertada com os parlamentares há cerca de um mês pelo ministro Onyx Lorenzoni como moeda de troca pelo apoio dos congressistas.

O governo Jair Bolsonaro (PSL) liberou nesta quarta-feira (26) lotes extras de emendas a deputados que aceitarem votar a favor da reforma da Previdência. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, vários parlamentares confirmaram que serão R$ 10 milhões a mais por congressista que apoiar o governo na comissão especial da Câmara e outros R$ 10 milhões extras no plenário.

O extra foi acertado com os parlamentares há cerca de um mês pelo ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) como moeda de troca pelo apoio dos congressistas.

O acesso aos recursos se dá por meio da abertura do sistema digital, onde congressistas podem direcionar verbas do orçamento para seus nichos eleitorais.

Normalmente, cada um dos congressistas já tinha direito a apesentar R$ 15,4 milhões em emendas ao Orçamento de 2019, que é um valor de execução impositiva, em quase sua totalidade.

Revista Fórum

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

VEJA TAMBÉM

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

  • Mídia Kit
  • Anuncie
  • Contato

Sobre

  • Politica de privacidade
  • Termos de uso
  • Sobre o Blog

Links úteis

  • Politica
  • Notícias
  • Viagens
error: O conteúdo está protegido !!