Bolsonaro questiona ‘pressão em cima’ do filho e diz que ‘é legal’ fazer indicações políticas dos familiares para embaixadas

0

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira 18, que a lei permite indicações políticas para o comando de embaixadas no exterior e questionou a “pressão em cima” do filho, deputado Eduardo Bolsonaro, que deverá ser indicado como embaixador do Brasil em Washington, nos Estados Unidos.

Realmente o presidente tem razão, é permitido indicação política, mas não indicação de um filho, que configura nepotismo. 

A indignação toma conta da população, o senado articula que a votação da aprovação do nome de Eduardo Bolsonaro, seja aberta e o STF, já avalia a possibilidade de negar a indicação do presidente. Confira o que disse:

“Por que essa pressão em cima de um filho meu? Ele é competente ou não é competente? Dentro do quadro de indicações políticas, que vários países fazem isso, e é legal fazer no Brasil também, tá certo”, disse. “Você tem que ver o seguinte: é legal? É. Tem algum impedimento? Não tem impedimento. Atende ao interesse público? Qual o grande papel do embaixador? Não é o bom relacionamento com o chefe de Estado daquele outro país? Atende isso? Atende. É simples o negócio”, argumentou o presidente.

É um absurdo sim, presidente e ponto final.

___________________________________

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here