Câmara Municipal homenageia 90 anos do Marista de Natal

Em 2020, o Colégio Marista de Natal completou 90 anos, mas a pandemia da Covid-19 adiou a homenagem, que finalmente foi prestada, nesta segunda-feira(29), em sessão solene de proposição do presidente da Câmara Municipal e ex-aluno da escola, vereador Paulinho Freire (PDT).

“Mesmo ainda vivendo dias difíceis, de perdas e grandes reflexões, nos reunimos aqui, para, em nome dos natalenses, celebrar e prestar as devidas homenagens a muitos dos que fizeram e fazem parte desta história. Uma instituição que tem serviços relevantes prestados a nossa cidade e que merece todo o respeito e reverência, pois formou a personalidade de inúmeras pessoas durante essas nove décadas”, justificou o propositor.

Emocionado, Paulinho relembrou um pouco dos 12 anos que passou na escola e elegeu essa como uma das mais emocionantes e significativas homenagens que prestou em seis mandatos de vereador.   “Sinto-me muito honrado em ser porta-voz dessa homenagem. Eu saí do Marista, mas o Marista nunca saiu de mim. Digo isso, porque grande parte do aprendizado que tenho na vida, bem como minha formação de caráter e como cidadão, adquiri nessa escola”, testemunhou.

Durante a sessão solene, além de homenagear o colégio e 24 personagens da história da escola, entre colaboradores, ex-colaboradores e ex-alunos, o vereador também fez a entrega do Título de Cidadão Natalense ao Irmão José Getúlio Silveira.

Em atividade até hoje, o Irmão Getúlio, como é mais conhecido, nasceu em Bela Cruz/CE e dedicou os últimos 18 de seus 86 anos de vida a ensinar e evangelizar os alunos do Marista de Natal, onde atuou como professor, coordenador e evangelizador. “Um homem muito querido por todos, vocacionado, e que possui uma grande admiração por Natal e pelos alunos que formou em nossa cidade. Impossível falar da nossa escola sem destacar o papel do Irmão Getúlio nessa missão”, afirmou Paulinho Freire. “Não sei se mereço esse título, mas vou dedicá-lo a todos os irmãos que passaram pelo Colégio Marista de Natal”, disse o novo cidadão natalense.

Diretor da escola há seis anos, o Irmão José de Assis Elias de Brito classificou a homenagem prestada pela CMN como um reconhecimento ao trabalho de todos que dedicaram as vidas para que o Marista de Natal fosse o que é hoje depois de nove décadas de história. “Essa homenagem muito nos orgulha, porque é fruto do que muitas mãos e muitos corações construíram, segundo os ensinamentos de amor e solidariedade de São Marcelino Champagnat”, disse.

“É um feito histórico. Marista faz história e se preserva com prestígio em nossa cidade. Esses 90 anos representam gerações de pessoas que se formaram lá e prestam serviços à comunidade. Se sei ler, se sei escrever, se sei falar… devo em grande medida ao que aprendi no Marista. Por isso fiz questão de vir aqui hoje também trazer minha homenagem pessoal à escola”, enfatizou o ex-senador, ex-governador do Estado e ex-aluno do Marista de Natal, José Agripino Maia.

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe um comentário

VEJA TAMBÉM:

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

Sobre

Links úteis

error: O conteúdo está protegido !!