1
2
3
previous arrow
next arrow

Carlos Eduardo acusa Fátima de acordão com Ezequiel e Benes, mas até esta quinta se humilhava por apoio aos dois

O candidato à governador Carlos Eduardo, usou seu Instagram para dizer que o grupo que ele se humilhou até ontem à noite por apoio, fez conchavos e acordões.

Na sua conta do Instagram, o candidato disse: “Cai a máscara da velha política. De conchavos e acordões. De quê ou quem eles riem? Vamos derrotá-los dia 28 de outubro. Não ao atraso e a quem ajudou a deixar o RN na pior!”.

Pois bem, o candidato está se referindo a ele próprio, foi ele mesmo, que tentou conchavos, acordões, que ofereceu secretarias em troca de apoio, ofereceu o Detran a um deputado, a presidência da ALRN, a outro, foi ele que ligou até ontem à noite, para o deputado estadual mais votado do RN, Ezequiel Ferreira, oferecendo o universo, em troca do apoio dele e do seu grupo. Hoje você que critica a decisão do grupo de Ezequiel, é porque não sabe que quem faz conchavos nos bastidores, por debaixo dos panos e que divulga fakenews, para acabar com a reputação dos outros é o candidato Carlos Eduardo, que está sofrendo a maior rejeição já vista da história  dos vereadores, não por causa de dinheiro, mas por falta de respeito, ele humilhou vários vereadores inclusive os de sua base, chamando-os de CABEÇAS DE FÓSFOROS QUEIMADOS, que o ajudaram a se eleger prefeito e quando ganhou, fechou as portas pra eles que queria ajudar as comunidades, foi ele que aumentou as passagens, porque não queria fazer a vontade do povo. Até a noite desta quinta 18, se humilhava querendo o apoio de Ezequiel e de Benes, mas eles o conhecem, sabem do quanto é arrogante, prepotente e cheio de soberba. Foi o candidato Carlos Eduardo, que humilhou vários jornalistas, que não atende ninguém, agora está sofrendo na pele o que plantou, ligou pra dep. Márcia, com arrogância, fechou as portas para Eudiane, Ubaldo, Júlia.. Foi ele q resolveu fazer o maior acordão dos candidatos da corrupção, se aliou ao seu primo o ex-preso, que está em domiciliar Henrique Alves, aos investigados da Lava-Jato, Garibaldi, José Agripino e Rogério Marinho, além da parceira Rosalba. O RN não aguenta mais esta oligarquia dos Alves, Maias e Rosados, que vivem sendo alvos de corrupção, que manipulam e empregam suas famílias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

VEJA TAMBÉM:

error: O conteúdo está protegido !!