Conselho Nacional do PDT pede expulsão e cassação imediata da candidatura de Carlos Eduardo à governador, por apoiar Bolsonaro alegando infidelidade partidária

De acordo com o presidente do Conselho Nacional de Ética do PDT, Wendel Pinheiro, do Rio Grande do Sul, em contato com o Blog de Saulo Vale, foi confirmada a cassação e expulsão do registro de candidatura de Carlos Eduardo Alves (PDT), por declarar apoio ao candidato à presidente Jair Bolsonaro (PSL). O colegiado que tem poder consultivo, diz que o ex-prefeito de Natal contraria a orientação da executiva nacional, que proibiu todos os seus membros de declarar apoio ao candidato do PSL, por ter declarado ‘apoio crítico’ ao presidenciável Fernando Haddad (PT).

Confira a nota do PDT NACIONAL:

Na longa nota datada de 13/10/2018, assinada por todos os membros da Comissão Nacional de Ética, há um apelo à identidade ideológica do partido.

“Em relação a Carlos Eduardo Alves, já foi expresso em sites locais do Rio Grande do Norte as tentativas de articulação do candidato a Jair Bolsonaro no 2º turno, para se contrapor à Fátima Bezerra (PT). A necessidade de vencer as eleições não é maior que a IDENTIDADE IDEOLÓGICA EM DEFESA DO TRABALHISMO. Portanto, é inconcebível qualquer flerte ao neofascismo, em tempos graves como este, sob a iminência da vitória de Jair Bolsonaro. Para agravar a situação, o mesmo faria declaração pública a favor de Jair Bolsonaro no programa eleitoral do PDT do RN no segundo turno”.

Em outro trecho,  o colegiado chega a pedir a cassação do registro de candidatura de Carlos Eduardo. “Logo, solicitamos a expulsão imediata dos três candidatos a governador e a cassação imediata dos seus registros de candidatura, em defesa do trabalhismo. […] Seria vergonhoso, na História do Brasil, um Partido com a história de lutas como o PDT abrigar em seu seio notórios oportunistas que flertam, paqueram e transam abertamente com o fascismo”.

Outro trecho explica. “A expulsão de todos é em defesa dos Direitos Humanos do povo brasileiro. Defender a expulsão de todos os supracitados é defender a causa da mulher, do negro, do índio, da população LGBT, do jovem, do nordestino, do inválido e dos aposentados

Como o blog havia adiantado, o PDT, não apoiou a decisão do candidato Carlos Eduardo, em apoiar Bolsonaro, já que havia sido dito publicamente.

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

VEJA TAMBÉM

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

  • Mídia Kit
  • Anuncie
  • Contato

Sobre

  • Politica de privacidade
  • Termos de uso
  • Sobre o Blog

Links úteis

  • Politica
  • Notícias
  • Viagens
error: O conteúdo está protegido !!