Deputado do PSL diz que presidente Bolsonaro vai doar dois ministérios para dar a Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre

0

O deputado federal do PSL, Coronel  Tadeu, disse em entrevista ao Estadão, que a maioria dos deputados e senadores do PSL, se posicionaram de maneira contrária à recriação dos ministérios das Cidades e da Integração Nacional e afirmou que a medida faz com que fique “declarado o toma-lá-dá-cá” no governo do presidente Jair Bolsonaro. Ele disse que que um grupo de parlamentares da sigla levou esse posicionamento ao presidente, em um encontro reservado. “Nesta semana, surgiu a possibilidade de recriação de dois ministérios. Nesse ponto, eu e o PSL fomos contrários a esse tipo de comportamento. Porque fica declarado um toma-lá-dá-cá”, afirmou o parlamentar, reconhecendo que houve uma contrapartida em troca de apoio no Congresso, tendo em vista a votação da MP 870 – que trata da reforma administrativa – e da reforma da Previdência. “Essa contrapartida não caiu bem no PSL. “O partido (PSL) está contrário mesmo a essa decisão. Não acho que é o melhor momento para criar um ministério sem a menor necessidade. E por que condicionar isso a outro assunto que não tem nada a ver, que é a reforma da Previdência?”, continuou. “Não queremos que transpareça para a população que o presidente Bolsonaro cedeu e agora está disposto a fazer o toma-lá-dá-cá. Isso é horrível para o governo. Aprova-se a Previdência, no entanto a imagem do governo cai em total descrédito”.

Ainda disse ao Antagonista, que os dois ministérios seria para confortar os cargos do presidente do Senado Davi Alcolumbre e o presidente da Câmara Rodrigo Maia, cada um dicaria com um ministério. O deputado do PSL, com outros colegas estão indignados porque não estão sendo ouvidos e não estão compactuando com a troca de cargos por votação.

Esse era o tsunami que presidente havia previsto. Ou seja, disse que ia deixar 15 ministerio, deixou 22 e agora vai ampliar pra 24, só para acomodar cargos. Quem diria!!

___________________________________

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here