Eduardo Bolsonaro diz que aceita cargo de embaixador do Brasil e ministro Marco Aurélio diz que é nepotismo

0

No dia do aniversário do deputado Eduardo Bolsonaro, o pai Jair Bolsonaro, o presenteou com um cargo de embaixador do Brasil nos EUA, com um salário de R$27.365 mil e milhares de vantagens.

De acordo com o ministro do STF, Marco Aurélio, a nomeação é inconstitucional e caracterizado como nepotismo.

“Sob a minha ótica, não pode, é péssimo. Não sei o que os demais (ministros do Supremo) pensam. Não acredito que o presidente Bolsonaro faça isso. Será um ato falho, um tiro no pé. Agora, penso que o presidente Jair Bolsonaro deve contas aos eleitores e aos brasileiros em geral. O exemplo vem de cima. Ele chegou para nos governar e governar bem, não para proporcionar o Estado aos familiares”, disse Marco Aurélio ao jornal O Estado de S. Paulo.

Eduardo em entrevista já confirmou que aceitou o convite do pai, foi eleito para deputado federal com 1,8 milhão de votos em São Paulo.

Quem vai assumir a vaga de deputado federal que Eduardo Bolsonaro, vai renunciar, é o primo do Haddad, Miguel Haddad, que é o do PSDB, disse à Época.

É uma vergonha o presidente dar continuidade a mamata e beneficiar sua família com cargos. Uma coisa é certa, pior que tá, pode ficar.

 

📸Agência Estado

___________________________________

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here