1
2
3
previous arrow
next arrow

“Ei, Bolsonaro, enfia a Lei Rouanet no c*”, rebate José de Abreu

O ator José de Abreu respondeu nesta 4ª feira (5.jan.2021) as alfinetadas do presidente Jair Bolsonaro (PL). Mais cedo, ao receber alta do hospital Vila Nova Star, o presidente disse que o artista está “chateado porque acabou a teta da Rouanet”.

Na ocasião, Bolsonaro também citou a cantora Ivete Sangalo. “Ela [Ivete Sangalo] está chateada, o Zé de Abreu está chateado, porque acabou aquela ‘teta’ deles gorda de pegar até R$ 10 milhões por ano da Lei Rouanet e defender o presidente de plantão”.

Em resposta, Abreu publicou um vídeo em suas redes sociais cantando: “Ei, Bolsonaro, enfia a Rouanet no c*”. Ao final, o artista aparece dando umas risadas em tom de deboche.

Filiado ao Partido dos Trabalhadores, Zé de Abreu se manifesta abertamente contra o atual presidente. Recentemente, debochou da internação de Bolsonaro para tratar uma suboclusão intestinal. Disse: “Que prazer que sinto ao saber que o filho da puta passa mal. Mata seu povo por omissão e leva castigo de volta: que exploda em merda”.

Redução no teto da Lei Rouanet

O secretário de Incentivo e Fomento à Cultura, responsável pelo orçamento da Lei Rouanet, André Porciuncula, afirmou que tem conversado com o secretário especial da Cultura, Mario Frias, sobre uma redução de 50% no teto da Lei de Incentivo à Cultura.

Segundo Porciuncula, a redução na Lei Rouanet “permitirá uma descentralização ainda maior dos recursos e beneficiará ainda mais os pequenos artistas”. Afirmou no Twitter que o intuito é ampliar em 2022 “o acesso desses pequenos agentes culturais”.

Criada em 1991, A Rouanet autoriza produtores a buscarem investimento privado para financiar iniciativas culturais. Em troca, as empresas podem abater parcela do valor investido no Imposto de Renda.

Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

VEJA TAMBÉM:

error: O conteúdo está protegido !!