‘Espero que Moro não ocupe vaga que deixarei no STF’, diz Marco Aurélio

Prestes a se aposentar compulsoriamente em 2021 – quando completará 75 anos de idade -, o ministro do STF, Marco Aurélio Mello, espera que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, não ocupe sua vaga na corte suprema. Em entrevista para a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, desta sexta-feira 19, Mello criticou Moro por diálogos vazados, obtidos pelo site The Intercept, que sugerem parcialidade em suas decisões quando juiz da Lava Jato.

Marco Aurélio Mello diz que continua a “indagar o que nós estaríamos a dizer se [Moro] tivesse mantido essa espécie de diálogo com a outra parte [a defesa dos réus]”. Recentemente, Mello já declarou que Moro “não é vocacionado” à magistratura. Segundo ele, com a divulgação dos diálogos entre o ex-juiz e procuradores, “a máscara caiu”. O presidente Jair Bolsonaro, no início de seu mandato, afirmou publicamente que pretende oferecer uma das próximas vagas abertas no Supremo a Moro. Antes da aposentadoria de Marco Aurélio Mello, um posto será aberto com a saída de Celso de Mello.

VEJA

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

VEJA TAMBÉM

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

  • Mídia Kit
  • Anuncie
  • Contato

Sobre

  • Politica de privacidade
  • Termos de uso
  • Sobre o Blog

Links úteis

  • Politica
  • Notícias
  • Viagens
error: O conteúdo está protegido !!