Fernando Haddad vira réu na Lava Jato, e acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva

0

O Grupo Especial de Delitos Econômico do Ministério Público, acusou Fernando Haddad, de ser beneficiário de R$ 3 milhões em propina da empreiteira UTC Engenharia S/A. De acordo com a denúncia, a empresa teria fornecido o dinheiro a pedido do então tesoureiro do PT, João Vacari Neto, para pagamento de dívidas da campanha eleitoral de Haddad para a prefeitura de São Paulo. 

A 5ª Vara Criminal da Barra Funda aceitou a denúncia nesta segunda-feira 19 e tornou Fernando Haddad, réu no processo por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

___________________________________

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here