General Augusto Heleno ameaça STF, após ministro Celso de Melo enviar para PGR análise de quebra de sigilo

O general Augusto Heleno, ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional, do Governo de Bolsonaro, ameaçou o STF e alertou para “consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional” caso o telefone celular do presidente Jair Bolsonaro seja apreendido por ordem da Justiça.
A ameaça do ministro, foi após Celso de Melo enviar pra a PGR três notícias-crime feitas por partidos e parlamentares sobre a suposta interferência do presidente Bolsonaro na PF.
O decano Celso de Melo disse que cabe ao PGR Augusto Aras (indicado é amigo fiel de Bolsonaro) analisar pedidos para apreensão dos celulares do presidente da República e do seu filho Carlos Bolsonaro.

 

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

VEJA TAMBÉM

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

Sobre

Links úteis

error: O conteúdo está protegido !!