Haddad acusa Bolsonaro de criar organização criminosa para divulgar fakenews no WhatsApp

O candidato Fernando Haddad,chegou ao nível máximo de baixaria nesta campanha para presidente, demonstrando total desespero, acusou nesta quinta-feira 18, o adversário Bolsonaro, de criar uma organização criminosa com empresários para enviar notícias falsas contra a campanha petista pelo aplicativo WhatsApp.

Na reportagem da Folha de S. Paulo, diz que as empresas estão comprando pacotes de disparos em massa de mensagens contra o PT e de apoio a Bolsonaro no WhatsApp, com contratos de até 12 milhões de reais. A prática é ilegal, segundo a Folha, pois se trata de doação empresarial para campanha. “O jornal comprova que o meu adversário Jair Bolsonaro, deputado há 28 anos, organizou, criou uma organização criminosa de empresários que, mediante caixa dois, dinheiro sujo, está patrocinando mensagens pelo WhatsApp mentirosas”, disse Haddad em entrevista à rádio Tupi, do Rio de Janeiro. “Nós vamos pedir providências para a Justiça Eleitoral e para a Polícia Federal para que esses empresários corruptos sejam imediatamente presos para parar com essas mensagens de WhatsApp… Fazer conluio com dinheiro para violar a vontade popular é crime, as mensagens que ele está mandando por WhatsApp são todas pagas com caixa dois e ele vai ter que responder por isso”, acrescentou.

Um verdadeiro ato de desespero, fazer acusações sem provas, apenas para espalhar fakenews e tentar prejudicar o candidato de oposição.

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

VEJA TAMBÉM

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

Sobre

Links úteis

error: O conteúdo está protegido !!