LAIS da UFRN diz que é seguro realização do Carnatal, desde que todos estejam vacinados

Nesta sexta-feira 26, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da UFRN, divulgou um relatório afirmando que era pouco provável uma nova onda de casos da nova variante ômicron, que também está sendo chamada pela OMS de variante da preocupação.

O relatório de 16 páginas aponta diferenças entre o Brasil e outros países da Europa que está realizando novos lockdowns.

De acordo com o LAIS, há condições para realização de eventos como o Carnatal, desde que as pessoas estejam vacinadas.

No relatório diz:

Como o Carnatal é um grande evento de massa, que promove aglomerações, e por

se tratar de uma festa tradicional as pessoas tendem a ficar mais relaxadas. Por esse motivo, é fundamental que todos os participantes estejam com o seu esquema vacinal completo, ou seja, primeira e segunda dose. Os organizadores do evento e as autoridades sanitárias (estado e município) devem exigir que as inscrições (compra dos ingressos), bem como a entrada no evento seja permitida somente para aqueles que tiverem um certificado de imunização válido e autenticado (passaporte vacinal).

Esse deve ser um processo rigoroso, inclusive com fiscalização aleatória durante a realização do evento, seja para os participantes ou comerciantes e ambulantes – todos no processo deverão estar devidamente imunizados. Essa estratégia irá contribuir muito para mitigar os efeitos do adoecimento e da transmissibilidade.

Deve haver uma campanha de comunicação para conscientizar as pessoas com sintomas a não participar do evento, mesmo que estejam vacinadas.

RECOMENDAÇÕES

1) Desenvolver estratégias inovadoras para imunizar as pessoas que não iniciaram ou não concluíram o seu esquema vacinal;

2) Flexibilizar o uso de máscaras em ambientes abertos a partir da segunda semana de dezembro de 2021, quando o RN irá ultrapassar os 80% da sua população adulta totalmente vacinada;

3) Exigir o uso obrigatório de máscaras em ambientes fechados (quando não estiver se alimentando) e no transporte público até alcançar 85% de toda a população do RN completamente vacinada;

4) Caso os indicadores se mantenham nos mesmos níveis atuais e o processo de vacinação continue a avançar é possível realizar grandes eventos em ambientes abertos e bem ventilados com segurança.

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe um comentário

VEJA TAMBÉM:

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

Sobre

Links úteis

error: O conteúdo está protegido !!