1
2
3
previous arrow
next arrow

Menino superdotado de 9 anos está se formando em engenharia e quer fazer medicina em seguida para criar órgãos artificiais para prolongar vida

Laurent Simons é um menino belga superdotado de apenas nove anos de idade que está prestes a se formar em Engenharia Elétrica pela Universidade de Eindhoven, em dezembro deste ano. As informações são da agência AFP.

O garoto se parece com todos os outros de sua idade: ama kart, brinca com seu cachorro e gosta de ver séries de TV. Mas, em vez de brinquedos, os itens que ele mais mantém por perto são um laptop e um livro sobre chips eletrônicos.

Laurent Simons terminou a escola rapidamente. Entrou no ensino fundamental aos quatro anos de idade, completou o primeiro ano com os colegas de turma e terminou a escola primária em um ano e meio — mesmo tempo que levou para concluir o ensino médio.

Após se formar em Engenharia Elétrica, o garoto quer estudar Medicina, o que tem levado seu pai, o dentista belga Alexander, de 37 anos, a contatar universidades dos Estados Unidos para realizar o desejo do filho.

A vontade de Laurent não vem à toa: ele sonha em ser pesquisador e seu objetivo é criar órgãos artificiais para prolongar a vida e ajudar pacientes cardíacos, como seus avós. “Ainda tenho que ver como fazer. Já comecei um pouco”, explica o pequeno.

O diretor do curso de Engenharia Elétrica da Universidade de Eindhoven, Sjoerd Hulshof,  afirma que as qualidades do menino são “simplesmente extraordinárias”. “[Essa criança é] o aluno mais rápido que já tivemos. Ele não é apenas muito inteligente, mas também é muito simpático.”

Apesar do destaque incomum para a idade, o pai se preocupa com isso e busca garantir um ambiente saudável para o filho. “Queremos que ele encontre um equilíbrio, aproveite a vida e que também possa ser simplesmente uma criança”, afirma.

Emais – Estadão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

VEJA TAMBÉM:

error: O conteúdo está protegido !!