Motivo do cancelamento da filiação de Bolsonaro no PL teria sido impasse sobre comando do diretório do partido em SP

Um impasse em torno do comando do diretório do PL em São Paulo teria sido o motivo do cancelamento da filiação do presidente Jair Bolsonaro no partido.

Bolsonaro queria entregar a liderança da legenda em São Paulo para o filho Eduardo. “Você pode ser presidente da República, mas quem manda no PL sou eu”, teria respondido Valdemar Costa Neto.

Essa troca de mensagens teria sido bastante intensa, inclusive com ofensas dos dois lados, com Bolsonaro mandando o líder do PL para aquele lugar, recebendo resposta semelhante.

Em nota oficial, o PL informou que “a data de 22 de novembro foi cancelada, não havendo, ainda uma nova data para o compromisso de filiação”.

Com informações de O Antagonista

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe um comentário

VEJA TAMBÉM:

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

Sobre

Links úteis

error: O conteúdo está protegido !!