‘O Talibã efetivamente reconheceu a China como a principal potência’, diz Tariq Ali

O Talibã reconheceu na prática a China como a principal potência de quem deseja ser aliado, marcando uma mudança da ordem na Ásia Central após 20 anos da invasão americana que chega ao fim. Esta é a opinião do escritor paquistanês Tariq Ali, editor da revista britânica New Left Review e há décadas um dos intelectuais de esquerda mais proeminentes do mundo.

A seu ver, a velocidade com que o Talibã voltou ao poder é surpreendente, mas o mesmo não pode ser dito sobre a falta de resistência do Exército afegão e do presidente Ashraf Ghani — ambos, ele diz, eram “fantoches” dos Estados Unidos.

A derrota de Washington e a saída apressada após a guerra mais longa da História dos EUA, afirma Ali, completam o legado da “guerra ao terror” e seus atos “brutais e grosseiros de imperialismo”.

Jornal o Globo

Foto: XINHUA / VIA REUTERS

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe um comentário

VEJA TAMBÉM:

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

Sobre

Links úteis

error: O conteúdo está protegido !!