Queniano Eliud quebra recorde e completa maratona em menos de duas horas, multidão vai as ruas ovaciona-lo

0

O queniano Eliud Kipchoge se tornou o primeiro atleta a correr uma maratona em menos de duas horas. O campeão olímpico e recordista mundial marcou o tempo de 1h59min40s2 neste sábado, no INEOS 1:59 Challenge, evento preparado especialmente para a tentativa em Viena, na Áustria. “Sou o primeiro homem, quero inspirar muitas pessoas e mostrar que nenhum ser humano é limitado. Espero que, depois de hoje, mais pessoas consigam completar uma maratona em menos de duas horas”, disse Kipchoge após conquistar a marca histórica, que não conta como um recorde mundial.

Kipchoge foi apoiado por 36 outros corredores que o acompanharam em grupos alternados, uma das razões pelas quais a Federação Internacional de Atletismo (IAAF, da sigla em inglês) não ratifica o tempo como um recorde mundial. Os grupos foram ajudados por um carro de ritmo que levava a bordo um raio laser, projetando a posição ideal do atleta a cada momento na estrada.

Correndo a um ritmo médio consistente de 2min50s por quilômetro, Kipchoge estava 11 segundos antes do previsto no meio da corrida. Os apoiadores o deixaram nos últimos 500 metros, e queniano bateu no peito duas vezes em comemoração quando terminou.
Uma multidão foi às ruas do Quênia assisti-lo e prestigia-lo.

Com informações da Veja.

View this post on Instagram

O queniano Eliud Kipchoge se tornou o primeiro atleta a correr uma maratona em menos de duas horas. O campeão olímpico e recordista mundial marcou o tempo de 1h59min40s2 neste sábado, no INEOS 1:59 Challenge, evento preparado especialmente para a tentativa em Viena, na Áustria. “Sou o primeiro homem, quero inspirar muitas pessoas e mostrar que nenhum ser humano é limitado. Espero que, depois de hoje, mais pessoas consigam completar uma maratona em menos de duas horas”, disse Kipchoge após conquistar a marca histórica, que não conta como um recorde mundial. Kipchoge foi apoiado por 36 outros corredores que o acompanharam em grupos alternados, uma das razões pelas quais a Federação Internacional de Atletismo (IAAF, da sigla em inglês) não ratifica o tempo como um recorde mundial. Os grupos foram ajudados por um carro de ritmo que levava a bordo um raio laser, projetando a posição ideal do atleta a cada momento na estrada. Correndo a um ritmo médio consistente de 2min50s por quilômetro, Kipchoge estava 11 segundos antes do previsto no meio da corrida. Os apoiadores o deixaram nos últimos 500 metros, e queniano bateu no peito duas vezes em comemoração quando terminou. Uma multidão foi às ruas do Quênia assisti-lo e prestigia-lo. Com informações da Veja. www.thalitamoema.com.br

A post shared by Blog Thalita Moema (@thalitamoemablog) on

___________________________________

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here