Sérgio Moro aceita convite de Bolsonaro, para ser ministro da Justiça

O juiz federal Sérgio Moro, aceitou o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro para ser ministro da Justiça.

Deverá comandar o superministério da Justiça, que vai englobar a Segurança Publica, a Controladoria-Geral da União, órgãos de controle e transparência da gestão, além de ficar encarregado pela Polícia Federal.

A reunião aconteceu há poucos instantes, durou cerca de 1h40m, na residência de Jair Bolsonaro, participaram Bolsonaro, general Mourão e Paulo Guedes. Uma das exigências de Moro, foi uma agenda positiva e forte no combate à corrupção, que foi acatado imediatamente por Bolsonaro. 

Confira a nota:

Nota divulgada pelo juiz Sérgio Moro

Fui convidado pelo Sr. Presidente eleito para ser nomeado Ministro da Justiça e da Segurança Publica na próxima gestão. Apos reunião pessoal na qual foram discutidas politicas para a pasta, aceitei o honrado convite. Fiz com certo pesar pois terei que abandonar 22 anos de magistratura. No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito a Constituição, a lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Na prática, significa consolidar os avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessos por um bem maior. A Operação Lava Jato seguira em Curitiba com os valorosos juízes locais. De todo modo, para evitar controvérsias desnecessárias, devo desde logo afastar-me de novas audiências. Na próxima semana, concederei entrevista coletiva com maiores detalhes.

Curitiba, 01 de novembro de 2018.

Sergio Fernando Moro

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

VEJA TAMBÉM

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

Sobre

Links úteis

error: O conteúdo está protegido !!