VÍDEO – Justiça condena cantor Victor Chaves por agredir esposa grávida de 4 meses

O cantor Victor, da dupla Victor & Leo, negou em fevereiro de 2017, ter agredido a mulher, Poliana Bagatini Chaves, de 29 anos, que estava grávida de 4 meses. Disse em entrevista à Globo: “Absolutamente, eu nunca agredi ninguém na minha vida.” Logo em seguida, Poliana registrou um boletim de ocorrência e disse que foi agredida pelo marido por motivos fúteis, que foi jogada no chão e recebeu vários chutes. Afirmou que depois das agressões foi impedida de sair do local por um segurança e pela irmã de Victor que a ameaçou.
A ex-esposa do sertanejo divulgou uma carta afirmando que o marido não a machucou e nunca a machucaria, que ela fez o exame no IML para comprovar a inexistência de qualquer lesão e que, apesar do transtorno e da repercussão do caso, ela e o bebê estão bem. A mãe do cantor, disse que Poliana ficou machucada porque se batia no chão, tinha chegado irritada.
Nesta segunda-feira 13, foi o programa Domingo Espetacular da Record, divulgou as imagens da câmera de segurança comprovando que o cantor chutou, derrubou e empurrou a mulher que estava grávida. E a condenação saiu em dezembro de 2019, e sabem qual foi??? 18 dias de prisão simples, mas em regime aberto, que será convertido em trabalho comunitário. Ou seja: DEU EM NADA. Mais um caso de violência contra mulher que o homem é condenado e a pena é NADA.

View this post on Instagram

O cantor Victor, da dupla Victor & Leo, negou em fevereiro de 2017, ter agredido a mulher, Poliana Bagatini Chaves, de 29 anos, que estava grávida de 4 meses. Disse em entrevista à Globo: “Absolutamente, eu nunca agredi ninguém na minha vida.” Logo em seguida, Poliana registrou um boletim de ocorrência e disse que foi agredida pelo marido por motivos fúteis, que foi jogada no chão e recebeu vários chutes. Afirmou que depois das agressões foi impedida de sair do local por um segurança e pela irmã de Victor que a ameaçou. A ex-esposa do sertanejo divulgou uma carta afirmando que o marido não a machucou e nunca a machucaria, que ela fez o exame no IML para comprovar a inexistência de qualquer lesão e que, apesar do transtorno e da repercussão do caso, ela e o bebê estão bem. A mãe do cantor, disse que Poliana ficou machucada porque se batia no chão, tinha chegado irritada. Nesta segunda-feira 13, foi o programa Domingo Espetacular da Record, divulgou as imagens da câmera de segurança comprovando que o cantor chutou, derrubou e empurrou a mulher que estava grávida. E a condenação saiu em dezembro de 2019, e sabem qual foi??? 18 dias de prisão simples, mas em regime aberto, que será convertido em trabalho comunitário. Ou seja: DEU EM NADA. Mais um caso de violência contra mulher que o homem é condenado e a pena é NADA. www.thalitamoema.com.br

A post shared by Blog Thalita Moema (@thalitamoemablog) on

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

VEJA TAMBÉM

Thalita Moema

Aqui você pode falar um pouco sobre você, sobre o site!

Publicidade

  • Mídia Kit
  • Anuncie
  • Contato

Sobre

  • Politica de privacidade
  • Termos de uso
  • Sobre o Blog

Links úteis

  • Politica
  • Notícias
  • Viagens
error: O conteúdo está protegido !!